CEO da Vivendi pode deixar cargo

Jean-Bernard Lévy teria se desentendido com demais diretores da empresa

São Paulo – Jean-Bernard Lévy pode estar de saída da Vivendi, informou reportagem do Wall Street Journal (WSJ), desta quinta-feira.

Segundo o jornal, o executivo teria se desentendido com outros diretores da companhia sobre algumas estratégias da empresa. 

Fontes ouvidas pelo WSJ disseram que a demissão de Lévy pode ser anunciada ainda hoje. O executivo trabalha há mais de uma década e há tempos algumas de suas decisões vinham desagradando os acionistas.

Na semana passada, o conselho da Vivendi se reuniu para que algumas estratégias fossem decididas. Na ocasião foi discutida a venda de alguns ativos da companhia, mas não houve consenso entre os participantes.