CEO ainda vê esperança para a Saab

Victor Muller disse que, sob esta nova situação, pode aparecer um investidor

São Paulo – O chefe da Saab, Victor Muller, ainda tem esperança que possa encontrar um investidor para salvar a marca sueca, que decretou oficialmente o pedido de falência na última segunda-feira (19).

Foi o próprio Muller que entrou com a documentação em um Tribunal da Suécia, que ainda irá analisar o pedido.

No entanto, o executivo afirmou que, conforme permissão da lei sueca, a Saab ainda possa ser comprada por um investidor, mesmo em processo de falência.

“Sob esta nova situação, talvez outro tipo de cenário possa ser concebido, no qual nenhuma parte chinesa esteja envolvida, já que eles são um elemento sensível para a GM”, afirmou.

Segundo reportagem da Autocar, um possível investidor teria que levantar 200 milhões de euros para reerguer a empresa e o acordo também dependeria de aprovação da GM, que ainda detém uma participação na Saab, e foi contra o acordo feito com o grupo chinês Youngman.