Cemig avalia todas as alternativas para vender Light ainda em 2018

Executivo diz que aumento da visibilidade do setor elétrico com leilão da Eletropaulo pode ajudar processo de desinvestimento da estatal mineira

São Paulo – A estatal mineira Cemig pretende acelerar seu plano de desinvestimentos agora que resolveu problemas mais urgentes de liquidez, e a companhia avaliará todas alternativas disponíveis para concluir ainda em 2018 a venda de sua controlada Light, disseram executivos da elétrica em teleconferência com investidores nesta quarta-feira.

“As negociações continuam, com uma previsão de conclusão dentro do cronograma esperado, no segundo semestre. Mas acho que a Light tem algo muito positivo, que é esse momento de visibilidade do setor de energia e do setor de distribuição com (a disputa pela) Eletropaulo. Esse evento favorece e pode até acelerar nosso processo de venda”, disse o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Cemig, Daniel Faria Costa.

Após pergunta de um analista, os executivos da Cemig afirmaram também que o negócio pela Light ainda não foi fechado porque a proposta apresentada até o momento não foi considerada suficiente pela companhia.