Carrefour vende fatia no Oriente Médio por US$ 683 mi

Varejista vendeu sua parcela remanescente em uma joint venture no Oriente Médio para o parceiro local Majid Al Futtaim (MAF) por € 530 milhões (US$ 682,45 milhões)

Dubai – O Carrefour, maior varejista da Europa, concordou em vender sua parcela remanescente em uma joint venture no Oriente Médio para o parceiro local Majid Al Futtaim (MAF) por 530 milhões de euros (682,45 milhões de dólares), disse a MAF em comunicado nesta quinta-feira.

A Majid Al Futtaim Hypermarkets, um negócio estabelecido em 1995, opera 50 hipermercados e 44 supermercados sob o nome Carrefour no Oriente Médio, África no Norte e Ásia Central.

“A Majid Al Futtaim…vai manter e fortalecer a estratégia de parceria com o Carrefour em novos países e novos formatos”, disse a companhia em comunicado.

A MAF vai manter sua parceira exclusiva de franquia com o Carrefour até 2025, permitindo à companhia operar sob o nome da marca da varejista francesa na região.

O Carrefour, maior varejista do mundo depois do Wal-Mart, vendeu 2,8 bilhões de euros (3,6 bilhões de dólares) em ativos no ano passado se retirando da Grécia, Colômbia e Indonésia, para levantar caixa para investimentos e fortalecer seu balanço patrimonial.

A empresa vendeu uma fatia de 12 % em outra joint venture, a CarrefourSA, na Turquia, para sua sócia Sabanci Holding por 60 milhões de euros (79 milhões de dólares) em abril.