Câmbio influencia prejuízo de R$98,6 mi da Cesp

A receita operacional líquida da empresa caiu 2,9 por cento no trimestre, para 735,3 milhões de reais

São Paulo- A Cesp, geradora de energia controlada pelo governo do Estado de São Paulo, anunciou nesta quinta-feira prejuízo de 98,6 milhões de reais no terceiro trimestre, sob influência da valorização do dólar na dívida em moeda estrangeira da companhia.

A despesa de variação cambial da companhia foi de 216,9 milhões de reais, considerando a valorização do dólar americano em 18,8 por cento no trimestre sobre o montante da dívida em moeda estrangeira da empresa — de 742 milhões de dólares ao final de setembro.

O prejuízo registrado pela geradora foi menor que a média de estimativas de 9 analistas consultados pela Reuters, que previa perdas de 111,7 milhões de reais ante o lucro de 109,8 milhões de reais um ano antes.

A Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 496,2 milhões de reais, ligeiramente acima dos 482,6 milhões de reais em igual etapa de 2010.

A receita operacional líquida da empresa caiu 2,9 por cento no trimestre para 735,3 milhões de reais.

Em um período em que os reservatórios das hidrelétricas se mantiveram em um nível de armazenamento considerado confortável segundo a Cesp, a produção de energia elétrica das usinas da companhia foi de 10.069 gigawatts-hora (GWh). Esse valor é 1,3 por cento abaixo da energia produzida há um ano, mas 16,5 por cento acima da capacidade nominal.

As vendas de energia totais da empresa também sofreram redução de 4,7 por cento no trimestre para 9.724 GWh.