Camargo Corrêa acompanha oportunidades em aeroportos

Empresa está de olho em possível terceiro terminal em São Paulo

São Paulo – O Grupo Camargo Corrêa segue acompanhando as oportunidades para atuar como administradora de aeroportos no Brasil, segundo Vitor Hallack, presidente do Conselho de Administração da Camargo Corrêa. Hallack participou hoje do EXAME Fórum, que aconteceu na cidade de São Paulo.

Segundo a empresa, há interesse também na possibilidade de construção de um terceiro aeroporto em São Paulo, com investimento 100% privado em associação à Andrade Gutierrez.

Reportagem publicada hoje no jornal O Estados de São Paulo indica que a concessão do aeroporto de Guarulhos será de 20 anos, Brasília e Viracopos terão concessões de 25 e 30 anos, respectivamente. As empresas candidatas à concessão poderão concorrer nos três processos de leilão – mas, se ganharem a concorrência em mais de um, precisarão escolher qual vão administrar. No próximo ano devem ser elaborados os editais para concessão dos aeroportos de Confins, em Belo Horizonte, e Galeão, no Rio de Janeiro.

Gargalos

Para Hallack, o mundo enxerga o Brasil e outros países do BRICS com potencial de crescimento, especialmente no momento que as economias desenvolvidas se encontram estagnadas. No âmbito doméstico, a atenção da empresa está voltada à questão da falta de mão de obra qualificada e também à inflação.

A grande necessidade brasileira de investimentos em infraestrutura contribui para o “indesejável custo Brasil”, segundo Hallack, por isso o governo precisa ter um planejamento de longo prazo para desenvolver a nossa infraestrutura e aumentar o nível de poupança doméstica.