Calvin Klein se livra de acusação de violação de patente

Grife era processada por violar três patentes da Lululemon Athletica

São Paulo – A Calvin Klein conseguiu chegar a um acordo com a Lululemon Athletica sobre a acusação que sofria de violação de patente.  As companhias não revelaram as condições, mas afirmaram que irão resolver o litígio de forma consensual.

A Calvin Klein era acusada de infringir três patentes de uma calça de yoga desenvolvida pela Lululemon Athletica.  A companhia reivindicava que a grife tinha copiado a  sobreposição do cós da peça de roupa.

Detalhes dos termos do acordo entre as duas companhias, no entanto, não foram divulgados por se tratar de um processo confidencial que corre na Justiça.

A Lululemon Athletica é uma companhia que desenvolve vestuário e componentes para a prática esportiva.