Cai total de empresas abertas em fevereiro, diz a Serasa

O resultado é 1,4% inferior ao registrado em janeiro, devido aos três dias úteis a menos no calendário do segundo mês do ano

São Paulo – O Indicador de Nascimento de Empresas, apurado pela Serasa Experian, apontou que, em fevereiro, foram criados 158,023 mil empreendimentos.

O resultado é 1,4% inferior ao registrado em janeiro, devido aos três dias úteis a menos no calendário do segundo mês do ano. Apesar disso, segundo a Serasa, o total é recorde para meses de fevereiro desde 2010, início da série histórica.

De fevereiro de 2010 até o mesmo mês deste ano, o crescimento na criação de empresas chega a 49,3%, de acordo com a instituição.

“O resultado obtido neste mês decorre da crescente formalização dos negócios no Brasil, principalmente microempreendedores individuais”, avaliam os economistas da Serasa.

Na comparação com fevereiro de 2013, a criação de empresas pelos microempreendedores individuais aumentou 21,8%, passando de 92,7 mil para 113 mil.

Já o nascimento de empresas individuais foi menor em fevereiro este ano – queda de 3,3% ante mesmo mês de 2013, para 16,8 mil novos empreendimentos em fevereiro. O mesmo aconteceu com as sociedades limitadas: queda de 0,6% ante o segundo mês do ano passado, para 19 mil empresas.

No total de empresas criadas no mês passado, 71,5% foram de microempreendedores individuais, 10,7%,de empresas individuais, 12%, de sociedades limitadas e 5,8%, de empresas de outras naturezas jurídicas.

Entre os setores, o destaque continua sendo o de serviços, que responde pela maior fatia de novas empresas: 59,9%. Na sequência vêm as empresas de comércio (30,6%) e indústria (8,0%).

A participação de empresas de serviços entre os novos negócios vem crescendo desde o início da séria histórica: aumentou 6,3 pontos porcentuais entre o segundo mês de 2010 e o mesmo período deste ano.

Na mesma base de comparação, a participação da indústria ficou praticamente estável (queda de 0,8 ponto porcentual) e comércio recuou 4 pontos porcentuais.

Já com relação à região, o Sudeste registrou o maior número de empresas abertas em fevereiro deste ano (50,6% do total), seguido pelo Nordeste (18,1%), Sul (16,1%), Centro-Oeste (9,9%) e Norte (5,4%).