Cade sugere aprovação para Azul-Trip, com restrições

A Superintendência recomendou o fim do acordo de compartilhamento de voos entre Trip e TAM em até dois anos

São Paulo – A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sugeriu nesta quinta-feira aprovação da união entre as companhias aéreas Azul e Trip com restrições, segundo comunicado.

A Superintendência recomendou o fim do acordo de compartilhamento de voos entre Trip e TAM em até dois anos para que a união da primeira com a Azul seja aprovada pelo órgão antitruste.

O negócio será levado a julgamento no tribunal do Cade.