Cade aprova operação de controle unitário de operadoras do Galeão

Modificação da composição acionária do grupo controlador do Riogaleão coloca a chinesa Hainan HNA no lugar da Odebrecht

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, operação de controle unitário apresentada pela Concessionária Aeroporto Rio de Janeiro, a Rio de Janeiro Aeroporto S.A. e a Excelente B.V., do grupo Changi Airports. O processo corre sob sigilo no conselho e não há mais informações.

As empresas são responsáveis pela operação do aeroporto do Galeão. Em agosto, o Cade deu parecer favorável para a modificação da composição acionária do grupo controlador do Riogaleão, com a entrada da chinesa Hainan HNA no lugar da Odebrecht.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) também aprovou em setembro o pedido para a modificação acionária do grupo.

Também nesta terça-feira, 12, o conselho aprovou aumento de participação da BPL no capital social da Profarma e da Cannes. As empresas atuam na área de distribuição de medicamentos e produtos de higiene.