Cade aprova compra do negócio de águas da Nestlé no Brasil pela Minalba

A autoridade regulatória não impôs nenhuma restrição à compra, que envolve as marcas locais São Lourenço e Petrópolis

São Paulo – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão regulador antitruste do Brasil, aprovou a compra do negócio de águas da Nestlé Waters no país pela Indaiá Minalba, do Grupo Edson Queiroz. A aquisição, de valor não revelado, foi anunciada no final de março.

A autoridade regulatória não impôs nenhuma restrição à compra, que envolve as marcas locais São Lourenço e Petrópolis, além das fábricas localizadas nos estados do Rio de Janeiro, de Minas Gerais e São Paulo. A Indaiá Minalba continuará produzindo e distribuindo a marca Nestlé Pureza Vital, a partir de um acordo de licenciamento, e também terá a concessão de distribuição das marcas globais premium Perrier, S. Pellegrino e Acqua Panna.

O Grupo Edson Queiroz, fundado no Ceará em 1951, controla as distribuidoras de gás de cozinha Nacional Gás, Brasil Gás e Paragás, a fabricante de eletrodomésticos Esmaltec e as empresas de comunicação do Sistema Verdes Mares, entre outras. A companhia não comentou a decisão do Cade.