Cade aprova compra da Costa do Sauípe pela Termas do Rio Quente

Em novembro, a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) anunciou a venda do resort baiano por R$ 140,5 milhõe

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra do complexo turístico Costa do Sauípe, na Bahia, para a Termas do Rio Quente, de Goiás.

Em novembro, a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ) anunciou a venda do resort baiano por R$ 140,5 milhões.

A operação foi aprovada em rito sumário, ou seja, pela superintendência-geral do conselho, sem precisar passar pelo tribunal do Cade, que analisa os casos mais complexos.

A operação encerra uma longa fase de dificuldades que a Previ enfrentou em relação ao empreendimento, do qual tentava se desfazer havia cerca de uma década.

A Rio Quente pagará à Previ o equivalente R$ 3,80 por ação ON e PN da Sauipe S.A., controlada pelo fundo de pensão dos funcionários do BB. São 12,3 milhões de ações ON e 24,6 milhões de papéis PNA, que representam 100% do capital social da Sauípe.