Cade aprova aquisição, pela Vale, de ações da Tecnored

A operação se dará pela aquisição de ações adicionais representativas de 31,79% do capital social da Tecnored atualmente detidas pelo BNDESPar

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a consolidação de controle, pela Vale, sobre a Tecnored Desenvolvimento Tecnológico.

A operação se dará pela aquisição de ações adicionais representativas de 31,79% do capital social da Tecnored atualmente detidas pelo BNDES Participações (BNDESPar).

O contrato ainda prevê a aquisição, pela Vale, de 19% do capital social da Tecnored detido pela Logos Tecnocom (Logos). O aval do Cade para a operação está em despacho publicado nesta sexta-feira, 31, no Diário Oficial da União (DOU).

A Tecnored atua no desenvolvimento da ‘Tecnologia Tecnored’ para o processo de autorredução de minério de ferro para a produção de ferro-gusa.

Segundo informações contidas no processo do Cade, a viabilidade do uso dessa tecnologia em escala industrial está em fase de testes, conduzidos em uma usina com capacidade de produção de 75 mil toneladas de ferro-gusa, de propriedade da Companhia Usina Tecpar, subsidiária integral da Tecnored, localizada em Pindamonhangaba (SP), que começou a operar em campanhas em 2012.

“Se bem-sucedida, a ‘Tecnologia Tecnored’ viabilizará o melhor aproveitamento de minério de ferro e carvão, contribuindo para a competitividade na exploração de jazidas minerais”, explica o texto.