BVA pode ser liquidado pelo BC por falta de comprador

Segundo Estadão, Grupo Caoa e Fundo Garantidor de crédito não conseguiram chegar a um acordo pela venda do banco

São Paulo – O Banco Central (BC) tem pouco mais de uma semana para enviar a Brasília um relatório sobre o BVA e, ao que tudo indica, a liquidação do banco parece ser inevitável.

De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, desta sexta-feira, o grupo Caoa e o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) não chegaram a um acordo sobre o que fazer com os ativos do banco.

Em outubro do ano passado, o BVA sofreu intervenção do BC e, de lá para cá, pelo menos quatro companhia mostraram interesse em adquirir o banco. O Caoa, no entanto, foi o único a apresentar uma proposta formal, mas não se “sentiu confortável de levar o negócio adiante”, disse a reportagem.

Ainda segundo o Estadão, o FGC recusou a proposta feita pelo Caoa e não aceito também um prazo maior para que uma nova proposta de compra seja feita.  O fundo é o maior credor do BVA, com 1,5 bilhão de reais.