Bunge inaugura fábrica de fertilizantes de R$24 mi

Capacidade de produção anual da Unidade de Cruz Alta (RS) corresponde a 5% das vendas anuais da Bunge

São Paulo – A Bunge Brasil inaugurou hoje (12/5) sua nova planta de fertilizantes em Cruz Alta (RS). A unidade consumiu investimentos da ordem de 24 milhões de dólares. A capacidade de produção anual da nova unidade é de 300 mil toneladas anuais – o que corresponde a 5% das vendas anuais da Bunge.

Essa capacidade pode ser duplicada e atingir 600 mil toneladas anuais, segundo Pedro Parente, presidente da Bunge Brasil. A duplicação poderá ser realizada num prazo de dois a três anos caso haja demanda.

A fábrica de Cruz Alta é parte de um investimento de 160 milhões de dólares da Bunge no Rio Grande do Sul. A última parte do projeto está sendo concluída. Ela corresponde a, aproximadamente, 60% do investimento total.

“Essa unidade tem uma vantagem logística extraordinária, a região é de grande produção agrícola, demanda fertilizantes”, disse Parente. A unidade de Cruz Alta também fica próxima a um ponto de encontro logístico do Mercosul, o que permite utilizar esse modal de transporte, facilitando o escoamento da produção, segundo a Bunge.

A unidade vai produzir misturas granuladas (NPK) das marcas Serrana, Manah e IAP, e as linhas diferenciadas Turbo Serrana, Fertiap e Fosmag Manah.

A Bunge possui cerca de 150 unidades, entre indústrias, centros de distribuição, silos e instalações portuárias.

Preços dos Grãos

Parente acredita que o preço dos grãos pode sofrer uma baixa, mas depois vai voltar a “ser determinado pela demanda e não pela oferta”. “Os fundamentos para esse ano são de preços sustentados, mas no curto prazo é mais fácil ter influências da volatilidade que podem influenciar uma tendência baixista ”, disse Parente. 

Daniele Zandona
11.9999

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Açúcar

A prioridade de investimentos da Bunge nesse ano é a plantação de cana de açúcar em uma área superior a 70 mil hectares. “O primeiro plano é recuperar a disponibilidade de cana de açúcar prejudicada com a seca do ano passado, que prejudicou a colheita”, disse Parente.  O investimento na plantação nesse ano será de 300 milhões de reais.