Buffett e Gates dizem que esta é a qualidade mais importante

Amigos há décadas, eles passearam pela Nebraska Furniture Mart, loja de móveis controlada pelo grupo de Buffett

São Paulo – Uma vez por ano, Bill Gates se reúne com um dos seus melhores amigos, Warren Buffett. Os dois bilionários conversam sobre o cotidiano, sobre ideias de negócios e sabedorias de vida antes da conferência anual dos acionistas da Berkshire Hathaway, holding dos investimentos de Buffett.

O fim de semana, chamado de “Woodstock for Capitalists”, reúnem milhares de pessoas para conhecer os produtos da holding e ouvir conselhos de Buffett

Antes do evento, o mega-investidor e o dono da Microsoft resolveram espairecer. Amigos há décadas, eles passaram o tempo na Nebraska Furniture Mart, loja de móveis controlada pelo grupo de Buffett.

Enquanto eles se divertiram com jogos de cartas e testavam colchões, conversaram sobre o que os une e quais são as qualidades essenciais para ter sucesso. E a resposta é uma só: paixão.

“Ter sucesso em quase qualquer coisa significa ter uma paixão por aquilo”, disse Buffett. “Se você vê alguém com uma inteligência razoável e uma paixão fantástica por aquilo que faz e que consiga unir pessoas ao seu redor, para marchar mesmo quando não conseguem ver o topo do monte, sabe que coisas irão acontecer”, afirmou.

“Construir a Microsoft foi incrivelmente divertido e, porque estávamos certos sobre o software, tínhamos o vento nas nossas costas”, disse o co-fundador da Microsoft.

Quando os dois se conheceram, acharam que os dois mundos – mercado financeiro e computação – não tinham muito em comum. Porém, os dois tentam entender o mundo e o que está acontecendo.

“Nós dois achamos o modo de ver do outro tão fascinante que eles precisaram nos separar. E nos tornamos amigos desde então”, diz Gates.

O bilionário diz que a amizade dos dois o ensinou a aprender mais e a rir mais. “Melinda (Gates, esposa de Bill) e eu frequentemente lembramos alguma pérola de sabedoria que Warren compartilhou conosco ou rimos quando recordamos algo engraçado que ele disse ou fez”, escreveu ele em seu site, Gates Notes.