BTG vende participação na Rede D’Or por R$ 2,38 bi

A intenção de venda de 12% da participação na rede de hospitais havia sido confirmada na noite de ontem à Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

São Paulo – O Banco BTG Pactual anunciou hoje, 2, que vendeu todas as suas ações na Rede D’Or São Luiz S.A. ao fundo soberano de Singapura, GIC.

O valor total das ações do banco e da BTG Pactual Participations é de aproximadamente 2,38 bilhões de reais, informou a companhia em fato relevante.

A intenção de venda de 12% da participação na rede de hospitais havia sido confirmada na noite de ontem à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O fechamento do negócio ainda está sujeito à aprovação das autoridades competentes.

As negociações já estavam avançadas, uma vez que o GIC já detinha 16% de participação na rede. Esta fatia foi adquirida em maio deste ano por 3,2 bilhões de reais, tendo sido comprada tanto do BTG quanto da família Moll, fundadora do grupo.

A família continua com o controle e 60% das ações. O fundo de investimentos Carlyle também detém 8,3% na rede desde abril desde ano, quando entrou com um investimento de 1,75 bilhão de reais.

Segundo informações da própria Rede D’Or, ela realiza cerca de 2,9 milhões de atendimentos de emergência por ano, além de 170 mil cirurgias, 270 mil internações e 25 mil partos.

A rede tem 30 hospitais próprios e gerencia ainda outros dois. São 87 mil médicos cadastrados e 34 mil funcionários. Em 2014, a receita líquida foi de 4,99 bilhões de reais, com lucro líquido de 322,88 milhões de reais. 

Depois da prisão de André Esteves, ex-presidente do banco, o BTG está com pressa para vender seus ativos mais atraentes.

A empresa estaria negociando as participações na rede de estacionamentos Estapar, no Uol e na Petro África, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

*Matéria atualizada às 10:20.