BTG pode fechar próxima aquisição no México

Em entrevista para o Financial Times, André Esteves afirmou que são claras as oportunidades na região

São Paulo – André Esteves já afirmou que quer colocar o BTG Pactual entre os maiores bancos do mundo e, por isso, não descarta novas aquisições.

Em entrevista ao Financial Times, o fundador do BTG disse que está considerando fechar um negócio no México.

“Se há um lugar na América Latina onde algumas aquisições são possíveis, eu diria que esse lugar é o México”, disse Esteves ao FT.

O executivo, no entanto, ponderou que o mercado mexicano é um pouco caro e será necessário ter paciência.

Ainda segundo o Financial Times, o BTG tem planos de ampliar suas operações de commodities nos próximos dois anos.

“Temos operações de commodities em uma escala global, temos gestão de ativos em escala global e agora gestão de riqueza em escala global – então isso já mostra que temos uma base global relevante”, disse Esteves ao jornal.

No mês passado,o BTG anunciou a aquisição do banco suíço BSI por 1,7 bilhão de dólares