BRF deve paralisar 13 unidades por conta de greve de caminhoneiros

Medida decorre da falta do recebimento de matéria-prima, insumos e animais para abate, e falta de caminhões para escoar produção acabada

A BRF suspendeu as atividades em quatro unidades de abate de frangos e suínos nesta manhã e irá paralisar parcial ou totalmente as operações de outras nove fábricas ainda nesta quarta-feira em razão da greve dos caminhoneiros, de acordo com comunicado da companhia de alimentos.

“A medida decorre da falta do recebimento de matéria-prima, insumos e animais para abate, além da falta de caminhões para escoar produção acabada”, disse a BRF.