Brasil deve ocupar liderança da Shell após fusão com BG

O Brasil deverá ser o principal mercado de exploração e produção de óleo e gás da petroleira gigante nascida nesta segunda-feira

Rio de Janeiro – O Brasil deverá ser o principal mercado de exploração e produção de óleo e gás da petroleira gigante nascida nesta segunda-feira com a fusão entre as rivais Shell e BG, afirmou o presidente global da multinacional, Ben van Beurden.

“O Brasil será um país chave para nós”, afirmou o executivo, em conferência com jornalistas no Rio de Janeiro sobre a fusão, uma das mais importantes da história da indústria global de petróleo.

Mais informações em instantes.