Bradesco Vida e Previdência cresce 32,8% em SP no 1º trimestre

Jorge Nasser, diretor-geral do setor, diz que os números refletem "a crescente consciência do brasileiro quanto à necessidade de se preparar para o futuro"

São Paulo – As receitas do segmento de previdência, do Bradesco Vida e Previdência, alcançaram, no Estado de São Paulo, um faturamento de R$ 3,9 bilhões no primeiro trimestre de 2017, o que representa um crescimento de 32,8% na comparação com o mesmo período de 2016. A participação de mercado é de 31,1%.

Já em vida e acidentes pessoais, os prêmios somaram R$ 1 bilhão, o que corresponde a um crescimento de 14,2%, ante resultado de 7,2% do mercado local.

A participação de mercado deste produto passou de 26,4% para 28,2%.

“Os números refletem a crescente consciência do brasileiro quanto à necessidade de se preparar para o futuro, por meio de um planejamento financeiro adequado, e proteger seus bens, incluindo o mais valioso deles, que é a vida”, disse Jorge Nasser, diretor-geral da Bradesco Vida e Previdência e da Bradesco Capitalização.