Bradesco Seguros projeta alta entre 15% e 18% em 2012

O grupo detém uma fatia de cerca de 25% do mercado brasileiro de seguros

A Bradesco Seguros projeta um crescimento entre 15% e 18% em 2012, segundo o presidente da empresa Marco Antônio Rossi. O grupo detém uma fatia de cerca de 25% do mercado brasileiro de seguros e aguarda a autorização da Superintendência de Seguros Privados (Susep) para estrear no segmento de microsseguros.

“Estamos crescendo acima de 10% em todos os segmentos, como saúde e vida. Em capitalização, mais de 20%”, disse Rossi, que participou do IV Enconseg – Encontro de Corretores do Estado do Rio de Janeiro. O executivo, que também preside a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), disse que o setor de seguros crescerá acima de 15% este ano.

O porcentual, em linha com o de 2011, é visto por ele como positivo diante da perspectiva de um menor avanço do Produto Interno Bruto (PIB) do País em 2012. Fatores como a ascensão da classe C e a previsibilidade de regras para o setor no País, avaliou, têm garantido resultados sólidos para o setor independentemente do cenário econômico.

Rossi destacou que o novo cenário de taxas de juros menores está obrigando as empresas de seguro e previdência a serem mais criativas na gestão de seus ativos. Isso inclui o alongamento de títulos públicos que compõem seu portfólio.

“Levando em conta que as pessoas vão viver cem anos, temos que pensar em ter papéis que possam dar tranquilidade. Hoje esses papéis são títulos públicos de longo prazo, por isso é muito comum na carteira das seguradoras ter títulos com vencimento em 2050”, disse.