Bradesco prevê avanço de até 14% na carteira de crédito

Presidente do Bradesco disse que banco não deve fazer revisões dos guidances no momento, mas não descartou possíveis alterações após primeiro semestre de 2014

São Paulo – O Bradesco deve atingir os guidances (projeções) de crescimento da sua carteira de crédito em 2014 caso o ritmo de expansão dos empréstimos visto em março permaneça ao longo dos próximos meses, segundo o presidente do banco, Luiz Carlos Trabuco Cappi.

“A expansão de crédito começou lenta entre os meses de janeiro e fevereiro, mas março já mostra uma reação muito positiva. Se repetir o que vimos em março, os guidances serão atingidos”, disse o executivo, em conversa com a imprensa.

Este ano, o Bradesco espera que a sua carteira de crédito cresça entre 10% e 14%. Trabuco disse que o Bradesco não deve fazer revisões dos guidances neste momento, mas não descartou possíveis alterações após o primeiro semestre de 2014. No entanto, afirmou que o banco tem sentido que pode crescer sua carteira de crédito em patamares maiores que os projetados em dezembro último.

Segundo ele, as reuniões que o banco fez com gerentes no intuito de estimular o aumento dos empréstimos teve como foco principal regiões de agrobusiness fora dos grandes centros, nos quais a competição é muito grande.

“Tivemos a sensação que podemos ser mais elásticos em subscrição de risco (aceitação) e acreditar mais futuro do País, não deixando-se contaminar por notícias da conjuntura”, afirmou o executivo

Sobre a inadimplência e as provisões para devedores duvidosos, as chamadas PDDs, o presidente do Bradesco diz que espera estabilidade em 2014. “Provisionamento continua estável e está adequado”, concluiu ele.

O Bradesco promove hoje, em São Paulo, o Bradesco’s 1st Brazil Investment Forum, que acontece pela primeira vez no Brasil.