BP investirá US$2,85 bi no maior campo de petróleo do Iraque

Reforçar a produção do campo de Rumaila é vital para o país alcançar sua ambição de elevar as exportações de petróleo a 6 milhões de barris por dia (bpd) até 2017

São Paulo – A petroleira britânica BP alocou 2,85 bilhões de dólares para desenvolver o campo iraquiano Rumaila em 2013, ante 2,2 bilhões de dólares do ano passado, disse o chefe do comitê conjunto de gerenciamento para o campo à Reuters nesta quarta-feira.

Reforçar a produção de Rumaila, o mais prolífico campo de óleo do Iraque, é vital para o país alcançar sua ambição de elevar as exportações de petróleo a 6 milhões de barris por dia (bpd) até 2017.

Salah Mohammad disse que a produção do campo pode subir para 1,45 milhão de bpd até o final de 2013, ante cerca de 1,4 milhão bpd atualmente.

“O orçamento para o plano de desenvolvimento de Rumaila em 2013 será de 2,85 bilhões”, disse.

Em 2012, o orçamento aprovado para o desenvolvimento de Rumaila foi de 2,2 bilhões de dólares, dos quais cerca de 1,9 bilhão de dólares foi executado, disse Mohammed.

Pelo plano de desenvolvimento para Rumaila em 2013, a BP deverá realizar três concorrências para a perfuração de 150 novos poços de petróleo na segunda metade deste ano, com cada licitação incluindo 50 poços.

“Temos planos para perfurar 300 poços novos em Rumaila nos próximos cinco anos”, disse Mohammad.

A BP também convidou empresas de engenharia para construir instalações para produção de 300 mil bpd e mais de 20 companhias estão competindo pelo projeto. Uma decisão é esperada para o início de 2014.

Rumaila, que a BP opera com a chinesa CNPC, tem reservas estimadas em cerca de 17 bilhões de barris e produz a maior parte da produção total atual dos mais de 3 milhões de barris do Iraque.

O país é o quarto maior em reservas de petróleo no mundo.