Bombardier suprime 7 mil postos de trabalho no mundo

O anúncio ocorre num momento em que a Bombardier e a Air Canada revelaram uma carta de intenção de compra de 45 aeronaves CSeries 300

O grupo canadense Bombardier, em processo de reestruturação, anunciou nesta quarta-feira a supressão, em 2016 e 2017, de cerca de 7.000 postos de trabalho, principalmente na parte de produção, de um total de 64.000 postos de trabalho no mundo.

“Esta redução será parcialmente compensada pela contratação em determinadas áreas de crescimento, principalmente para manter a velocidade dos programas e projetos globais estratégicos”, afirmou a Bombardier em comunicado.

O anúncio ocorre num momento em que a Bombardier e a Air Canada revelaram uma carta de intenção de compra de 45 aeronaves CSeries 300, com opção para mais 30 aeronaves do mesmo tipo, cuja entrega terá início em 2019.

Se Air Canada concretizar a compra, o preço das aeronaves será de cerca de 3,8 bilhões de dólares, e se em caso do adicional de 30 dispositivos, o valor subirá para 6,4 bilhões.