Boeing substitui responsável pela aviação comercial após quedas do 737 MAX

Quedas do 737 MAX mataram 346 pessoas e a empresa trabalha para aprovar modelo novamente

Washington — O principal executivo de aviões comerciais da Boeing, Kevin McAllister, está deixando a empresa, enquanto a fabricante de aviões lida com as consequências de duas quedas do 737 MAX que mataram centenas de pessoas, informou a empresa nesta terça-feira.

A Boeing nomeou o executivo da empresa Stan Deal para suceder a McAllister.

Deal ingressou na Boeing em 1986 e antes tinha sido presidente e diretor executivo da Boeing Global Services. A Boeing ainda está trabalhando para obter aprovação para liberar o 737 MAX após as quedas que mataram 346 pessoas.