Boeing quer incluir área militar em associação com Embraer

A empresa norte-americana acredita que poderá superar a resistência do governo brasileiro, dizem jornais

São Paulo – A norte-americana Boeing pretende incluir a divisão de defesa na proposta de associação com a Embraer, e acredita que poderá superar a resistência do governo brasileiro, de acordo com os jornais Folha de S.Paulo e Valor Econômico desta terça-feira.

A Boeing está segura de que vai comprovar ao governo brasileiro que a autonomia, independência e segredos estratégicos da Embraer serão garantidos e preservados, e vai apresentar alguns exemplos de parcerias internacionais que oferecem salvaguardas de soberania aos país envolvidos, segundo os jornais.

As negociações para uma associação entre as duas fabricantes de aviões foram reveladas no dia 21 de dezembro, inicialmente pelo jornal The Wall Street Journal.

A Boeing tem por objetivo com a parceria complementar a sua carteira de produtos, incrementar as plataformas de vendas e serviços e desenvolver novos produtos, segundo o Valor.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Esse governo bandido e corrupto vai acabar entregando todas nossas riquezas para potências internacionais: do pré sal já foram entregues vários campos importantíssimos à empresas petrolíferas estrangeiras (tirando da Petrobras); vários ativos da Petrobras já foram também entregues à empresas estrangeiras e o processo de privatização continua; a Eletrobras e usinas hidrelétricas já está em andamento para serem entregues principalmente à China bem como outras empresas estatais….e agora a Embraer, orgulho nacional fundada pelo regime militar, esses bandidos vão acabar entregando a Boeing, ou seja, aos EUA…esses bandidos esquerdistas comunistas corruptos assaltantes da nação que estão no poder desde 1985 destruindo o Brasil tem que ser chutados pra fora do poder e presos….intervenção militar com imediato fechamento do congresso nacional e do STF, governo militar já, saudades desse regime de prosperidades.

  2. Carla Tamara

    ALGUÉM AINDA ACHA QUE O GOVERNO BRASILEIRO VAI ACEITAR QUE A EMBRAER CAIA NA LÁBIA DA BOEING?