BNDES procura sócio para substituir Eike na operação da SIX

Com orçamento de R$ 1 bilhão, grupo EBX não terá fôlego para financiar projeto da fábrica de semicondutores

São Paulo –  O BNDES está à procura de um sócio para substituir Eike Batista na operação da SIX – fábrica de semicondutores que tem a EBX como uma das principais acionistas no negócio. 

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, desta quinta-feira, o grupo do empresário está disposto a deixar o negócio, uma vez que não terá fôlego para financiar a operação. A fábrica necessita de investimentos de pelo menos 1 bilhão de reais.

De acordo com a reportagem, a EBX pretende transferir sua participação no negócio a outro investidor e o BNDES está ajudando a encontrar um substituto. O grupo de Eike tem 33% da operação, a mesma fatia que o banco estatal.

Em outubro do ano passado, o BNDES aportou 245 milhões de reais para se associar ao empresário em seu projeto na fábrica de semicondutores (chips).