BMW poderá abrir fábrica no Brasil devido a aumento de impostos

A fabricante de automóveis alemã poderá abrir uma fábrica no Brasil devido ao aumento das tarifas locais a veículos importados

Detroit – A fabricante de automóveis alemã BMW poderá abrir uma fábrica no Brasil devido ao aumento das tarifas locais a veículos importados, que busca incentivar a produção interna, disse na segunda-feira o chefe de marketing da marca, Ian Robertson.

“Estamos nas últimas etapas de uma decisão para uma operação na América do Sul, provavelmente no Brasil”, adiantou Robertson durante a Feira do Automóvel de Detroit.

A empresa alemã tem duas sedes em mente para instalar sua primeira fábrica na América do Sul, disse o executivo que não quis revelar a alternativa à sede no Brasil.

“O Brasil será provavelmente a solução”, acrescentou.

Com uma economia em rápido crescimento, o Brasil está na mira de muitos fabricantes de automóveis de luxo. Contudo, o país está aumentando as barreiras protecionistas para incentivar a fabricação interna, junto com rígidos critérios para garantir que os centros sejam simples sedes de montagem.

A BMW vendeu 15.000 veículos no Brasil no ano passado, o dobro de 2009. Segundo Robertson, a demanda da marca alemã é suficientemente forte para incentivar a expansão de sua produção em diversos locais.

“Estamos elevando todas as nossas fábricas à capacidade máxima”, acrescentou.