BMW mantém metas após custo menor ajudar resultado do terceiro tri

O lucro antes de impostos no terceiro trimestre saltou 21%, para 1,64 bilhão de euros ou US$ 2,26 bilhões

Frankfurt – A BMW manteve suas previsões de desempenho após custos menores com material e forte demanda de carros de luxo na China terem ajudado a montadora bater previsões de lucro trimestral.

“Apesar do ritmo de crescimento do mercado mundial de carros estar mostrando sinais de esfriamento, a performance do grupo BMW continuará positiva”, afirmou a montadora nesta quinta-feira.

A BMW prevê que o lucro antes de impostos em 2011 crescerá significantemente em relação a um ano antes, com vendas de mais de 1,6 milhão de veículos.

O lançamento de modelos 1-Series em meados de setembro ajudará a aumentar a demanda no quarto trimestre, disse a BMW. O novo sedã 3-Series foi anunciado em meados de outubro e chegará ao mercado em fevereiro de 2012.

A BMW vendeu 9 por cento mais automóveis no terceiro trimestre do que um ano antes, impulsionada por um salto de 21 por cento na China, que responde por um sexto das vendas de carros da montadora.

O maior mercado da BMW são os Estados Unidos, onde a empresa vendeu quase 76 mil carros no trimestre, 7,5 por cento mais do que no terceiro trimestre de 2010.

O lucro antes de impostos no terceiro trimestre saltou 21 por cento, para 1,64 bilhão de euros (2,26 bilhões de dólares), acima da previsão média de analistas de 1,48 bilhão de euros em uma pesquisa da Reuters.