BMW diz que está avançando parceria com chinesa Brilliance

A revista alemã de negócios Manager Magazin disse que a BMW elevaria sua fatia na BMW Brilliance Automotive (BBA) de 50% para pelo menos 75%

Frankfurt – A montadora alemã BMW disse que estava avançando sua joint venture com a chinesa Brilliance, mas não confirmou reportagens de que aumentaria sua fatia na BMW Brilliance Automotive (BBA).

“Nós não podemos comentar em detalhe sobre o estado de nossa discussão em andamento com nossa sócia Brilliance neste momento”, disse a BMW em um comunicado enviado por email nesta quinta-feira.

A revista alemã de negócios Manager Magazin disse que a BMW elevaria sua fatia na BBA para pelo menos 75 por cento, de 50 por cento anteriormente. A Bloomberg News reportou que uma nova estrutura societária seria divulgada em breve, citando uma fonte familiarizada com o plano.

A notícia surge duas semanas após a China divulgar um amplamente aguardado afrouxamento nos limites a investimento estrangeiro na indústria automotiva e outros setores, conforme Pequim avança para cumprir sua promessa de abrir mais seus mercados.

Os limites para participação estrangeira na indústria de carros de passeio serão removidos até 2022.

A Manager Magazin disse que o presidente-executivo da BMW, Harald Krueger, e o presidente do conselho da Brilliance, Chairman Yumin Qi, haviam concordado com o aumento na participação pela BMW durante uma visita do premiê Li Keqiang à Alemanha esta semana.

A BMW anunciou segunda e terça-feira uma série de acordos com sócios chineses, incluindo um aumento na capacidade de produção da BBA, mas não mencionou qualquer plano para elevar sua fatia na empresa.