Binladen Group pode voltar a concorrer em licitações

O rei da Arábia Saudida havia proibido a empresa das licitações depois da morte, em 2015 de 109 pessoas pela queda de uma grua nas obras da Grande Mesquita

Autoridades sauditas autorizaram a construtora Binladen Group a voltar a se apresentar em licitações públicas, informou a imprensa local nesta quinta-feira.

O rei Salman havia proibido a empresa das licitações depois da morte, em setembro de 2015 de 109 pessoas pela queda de uma grua nas obras de ampliação da Grande Mesquita, na cidade de Meca.

Segundo o jornal Al Watan, o decreto real que autoriza seu retorno às licitações foi assinado na terça-feira e poderá ser um alívio às graves dificuldades financeiras do grupo.

Também foi suspensa a proibição de saída do país imposta aos diretores da empresa desde setembro do ano passado.