Bill Gates e Lemann são bilionários mais populares do Brasil; veja top 10

Um estudo da empresa de marketing digital SEMRush identificou quem são os mais buscados na internet brasileira dentre as "celebridades" empresariais

Alguns empresários não só tornam-se bem-sucedidos em suas áreas como, também, famosos. Fatores como suas trajetórias de vida impressionantes, o sucesso de suas empresas, produtos amplamente usados por consumidores ou todos os três aspectos de uma só vez fazem empresários bilionários serem conhecidos até mesmo por quem é de fora do setor.

No Brasil, um estudo da empresa de marketing digital SEMRush identificou quem são os bilionários mais buscados na internet dentre essas “celebridades” do mundo empresarial.

O mais procurado pelos brasileiros no período entre janeiro e setembro de 2019 não foi um brasileiro, mas americano o fundador da Microsoft, Bill Gates. O empresário, que hoje é também investidor e tem programas sociais no instituto que fundou com a mulher, Melinda, tem fortuna acumulada de 108 bilhões de dólares, segundo o índice de bilionários da agência Bloomberg, com valores do dia 31 de outubro.

A SEMRush analisou as buscas entre janeiro e setembro nos buscadores Google, Yahoo e Bing. Gates foi buscado 806.000 vezes pelos internautas no Brasil, segundo o levantamento.

O americano tem quase sete vezes mais buscas em seu nome do que o segundo mais buscado, o brasileiro Jorge Paulo Lemann, do fundo de investimentos 3G Capital, que controla empresas como a fabricante de alimentos Kraft Heinz e a rede de fast-food Burger King. Lemann é o homem mais rico do Brasil há sete anos, com patrimônio de 22,6 bilhões de dólares, segundo a Bloomberg — no mundo, ele é o 43º mais rico.

Empatado com Lemann em segundo lugar vem o fundador da Amazon, Jeff Bezos, que foi buscado 673.000 vezes entre janeiro e setembro no Brasil. Bezos é atualmente o homem mais rico do mundo, com 111 bilhões de dólares, tendo superado Bill Gates em 2018. Antes disso, Gates havia passado mais de 20 anos como homem mais rico do mundo.

Os brasileiros voltam a aparecer na lista dos mais buscados com Eduardo Saverin, co-fundador do Facebook e quinto mais buscado, com 188.000 buscas. Saverin foi o primeiro investidor da rede social idealizada por Mark Zuckerberg, quando estudavam juntos na Universidade Harvard (e saiu do negócio em meio a uma briga judicial com o ex-sócio). Hoje com uma fatia pequena do Facebook e trabalhando em Singapura como investidor, Saverin é a 146ª pessoa mais rica do mundo, segundo a Bloomberg, com patrimônio de 10,4 bilhões de dólares.

Eduardo Saverin Eduardo Saverin: brasileiro foi o primeiro investidor do Facebook, e hoje vive em Singapura

Eduardo Saverin: brasileiro foi o primeiro investidor do Facebook, e hoje vive em Singapura (REUTERS/Edgar Su/Reuters)

O sexto mais buscado no Brasil é Abilio Diniz, co-fundador do grupo Pão de Açúcar. O brasileiro teve 142.000 buscas por seu nome nos principais buscadores da internet e acumula hoje patrimônio de 2,8 bilhões de dólares, segundo a Forbes.

O ranking dos mais populares mostra também que dinheiro não necessariamente é sinônimo de fama: Joseph Safra, fundador do banco Safra, foi somente o sétimo mais buscado no Brasil, com 124.000 buscas por seu nome. Mas sua conta bancária e carteira de ações não têm do que reclamar: o banqueiro tem 18,1 bilhões de dólares em patrimônio, tendo superado Lemann como homem mais rico do Brasil em vários momentos de 2019.

Por fim, o penúltimo mais buscado e último brasileiro da lista é Joesley Batista, ex-presidente do conselho do frigorífico JBS e que saiu da gestão direta da empresa após escândalos de corrupção envolvendo o governo brasileiro. Ele foi buscado 75.000 vezes entre janeiro e setembro. Seu patrimônio é de 2,6 bilhões de dólares.

Fecha a lista dos dez mais buscados no Brasil o presidente do grupo de luxo francês LVMH, dono de marcas como Louis Vuitton e Dior, Bernard Arnault. Com o bom momento do LVMH em meio a um mercado de luxo que não se abala diante de crises e crescimento na Ásia, Arnault passou Warren Buffet e tornou-se o terceiro homem mais rico do mundo, com patrimônio de 97,3 bilhões de dólares. No Brasil, o nome de Arnault foi buscado 54.000 vezes.

Veja a lista completa dos bilionários mais buscados na internet brasileira abaixo.

1. Bill Gates, fundador da Microsoft – 806.000 buscas
2. Jorge Paulo Lemann, do 3G Capital – 673.000 buscas
3. Jeff Bezos, fundador da Amazon – 673.000 buscas
4. Warren Buffett, investidor e dono do fundo Berkshire Hathaway – 464.000 buscas
5. Eduardo Saverin, co-fundador do Facebook e investidor – 188.000 buscas
6. Abilio Diniz, fundador do grupo Pão de Açúcar – 142.000 buscas
7. Joseph Safra, fundador do Banco Safra – 124.000 buscas
8. Larry Page, co-fundador do Google – 76.000 buscas
9. Joesley Batista, herdeiro da JBS – 75.000 buscas
10. Bernard Arnault, do LVMH – 54.000 buscas