BHP Billiton admite possibilidade de mais demissões

O corte seria uma tentativa de tornar as operações de minério de ferro no noroeste da Austrália mais lucrativas

Porto Hedland – A BHP Billiton admitiu a possibilidade de mais cortes de postos de trabalho, na tentativa de tornar as operações de minério de ferro no noroeste da Austrália mais lucrativas.

Jimmy Wilson, presidente da unidade de minério de ferro da BHP, afirmou que qualquer dispensa adicional não será por conta dos preços de mercado da commodity, que desvalorizaram a cerca de um terço do valor neste ano.

Wilson também informou que não há um número definido para os cortes. “Nossa aspiração é ao menos manter ou reduzir nosso quadro de funcionários enquanto estamos aumentando os volumes.”

A BHP Billiton já fechou 100 postos de trabalho na divisão de minério de ferro de Perth, afirmou uma pessoa com conhecimento do assunto no mês passado. Outros 170 empregos foram cortados em uma mina de Pilbara.

Para o presidente de marketing da companhia, Mike Henry, a queda nos preços da commodity neste ano está em linha com as expectativas da mineradora.

A desvalorização ocorreu por conta da veloz adição de oferta da Austrália, explicou, acrescentando que os preços provavelmente continuarão a declinar por vários anos. Fonte: Dow Jones Newswires.