Berkshire Hathaway, de Buffett, tem alta de 15% no lucro

O lucro da companhia atingiu US$ 6,29 bilhões no quarto trimestre ante US$ 5,48 bilhões do mesmo período de 2015

Nova York – A holding do bilionário Warren Buffett, a Berkshire Hathaway, reportou crescimento de 15% no lucro líquido do quarto trimestre de 2016 na comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado foi impactado favoravelmente por ganhos no mercado de ações.

Os resultados do ano passado da Berkshire foram divulgados neste sábado junto com a carta de Buffett a investidores.

O lucro da companhia atingiu US$ 6,29 bilhões no quarto trimestre ante US$ 5,48 bilhões do mesmo período de 2015. O resultado operacional, que exclui alguns resultados de investimentos, caiu para US$ 4,38 bilhões, saindo de US$ 4,67 bilhões no ano anterior.

O conglomerado sediado em Omaha, no estado norte-americano do Nebraska, detém uma grande operação de seguros, além de ferrovias, indústrias, varejistas e até mesmo concessionárias de carros. Também possui grandes investimentos, em especial no mercado de ações.

A Berkshire comprou dois negócios no ano passado: a fabricante de componentes metálicos Precision Castparts e a fabricante de baterias Duracell. As aquisições ajudaram a impulsionar os resultados.

No acumulado do ano, o lucro da Berkshire ficou em US$ 24,07 bilhões ante US$ 24,08 bilhões.

A companhia ainda tem um forte caixa para futuras aquisições. Na sua carta anual a investidores, Buffet afirmou que a Berkshire tem US$ 86 bilhões em caixa e equivalentes de caixa, o que inclui títulos do Tesouro dos Estados Unidos. Fonte: Dow Jones Newswires.