BB Seguridade, do Banco do Brasil, tem lucro de R$ 1,07 bi

Resultado representa alta de 6 por cento em relação ao mesmo período de 2015

São Paulo – A BB Seguridade, holding que controla os negócios de seguros do Banco do Brasil, anunciou nesta segunda-feira, 13, lucro líquido contábil ajustado, que desconsidera efeitos extraordinários, de R$ 1,075 bilhão no quarto trimestre de 2016, cifra 6,0% maior que a registrada um ano antes, de R$ 1,014 bilhão. Em relação aos três meses anteriores o lucro foi 8,8% maior.

“O desempenho é justificado pelo crescimento de 13,2% do resultado operacional não decorrente de juros combinado, compensado pela queda de 7,1% do resultado financeiro combinado, ambos líquidos de efeitos tributários”, destaca a BB Seguridade, em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras.

A seguradora destaca ainda que o resultado dos últimos 12 meses foi impactado pelo enquadramento da sua corretora de seguros, a BB Corretora, no regime não cumulativo a partir de março de 2016, com aumento nas alíquotas de PIS/Pasep e Cofins sobre a receita bruta. Isso tornou, conforme a companhia, as bases não diretamente comparáveis.

No ano de 2016, o lucro líquido ajustado da BB Seguridade alcançou R$ 4,107 bilhões, montante 4,1% superior ao registrado em 2015, de R$ 3,945 bilhões. Com esse crescimento, o resultado ficou mais próximo do teto do guidance do exercício, de avanço de 4% a 8,0%.

“O resultado acumulado do ano teve sua base de comparação com 2015 impactada por elevações nas alíquotas de tributos incidentes sobre todas as controladas e coligadas da BB Seguridade”, ressalta a companhia. Para este ano, a BB Seguridade divulgou meta mais conservadora. A companhia espera que seu lucro líquido ajustado cresça de 1% a 5% em relação a 2016.

A BB Seguridade encerrou dezembro com R$ 9,970 bilhões em ativos totais, elevação de 8,0% em um ano e de 10,9% na comparação com setembro.

O patrimônio líquido da companhia foi a R$ 8,289 bilhões, incremento de 9,3% e queda de 7,7%, respectivamente e na mesma base de comparação.

O retorno anualizado sobre o patrimônio líquido médio da companhia foi de 52,2% no quarto trimestre de 2016, queda de 1,9 ponto porcentual em 12 meses.

A BB Seguridade comenta seus resultados do quarto trimestre, às 10h desta segunda, em coletiva de imprensa, e na terça-feira, 14, em teleconferência com analistas a partir das 10h, em português, e às 11h30, em inglês.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ALESSANDRO BONGIOVANI TONELLI

    ‘É pra levar ou pra largar’…