BB não tem interesse em comprar fatia do Bradesco na Cielo

BB também descarta fechar capital da operadora, ao contrário da rival Redecard, controlada pelo Itaú

São Paulo – O Banco do Brasil descartou qualquer interesse em comprar a participação do Bradesco na operadora de cartões de crédito Cielo.

Diferente do Itaú, que fez uma oferta para comprar a fatia dos acionistas minoritários da Redecard e assim fechar o capital da empresa, o BB descartou a possibilidade de adotar a mesma estratégia.

“A operação vai continuar como está. A Cielo vai permanecer como uma companhia de capital aberto”, afirmou Aldemir Bendine, presidente do BB, nesta terça-feira, em coletiva com a imprensa.

Na semana passada, o Itaú fez uma oferta para comprar a participação dos acionistas minoritários na Redecard. Segundo o Itaú, a decisão da companhia de fechar o capital da Redecard tem como finalidade ganhar eficiência.