BB desembolsa 34% a mais na 1ª semana da linha para financiar 13º

Esse tipo de crédito dá oportunidade às companhias de cumprir as obrigações trabalhistas com os encargos sociais sem comprometer o fluxo de caixa

Brasília – Na primeira semana em que colocou à disposição a linha que permite o financiamento de até 100% do 13º salário dos empregados, o Banco do Brasil desembolsou 34% a mais do que no início da temporada da linha no ano passado.

Esse tipo de crédito dá oportunidade às companhias de cumprir as obrigações trabalhistas com os encargos sociais sem comprometer o fluxo de caixa.

Em 2015, o saldo da linha foi recorde, de R$ 2,3 bilhões, 16% superior ao desembolsado em 2014.

As contratações podem ser feitas até o fim de dezembro. Podem pegar o empréstimo empresas de qualquer porte, com prioridade ao segmento de micro e pequenas empresas.

A taxa de juros dessa linha começa em 2,735% ao mês mais TR e depende do tipo de relacionamento da empresa com o banco. Se o pagamento das prestações for feito em dia, o banco devolve 10% do valor dos juros pagos.

O BB dá carência de até três meses para o pagamento da primeira parcela do crédito.