BB admite interesse no controle do Banco Patagonia

São Paulo – O Banco do Brasil informou nesta sexta-feira, em meio às negociações para compra de participação do argentino Banco Patagonia, que considera a aquisição do controle.

“Dentre as alternativas que estão em análise, há a possibilidade de que o Banco do Brasil venha a deter uma participação relevante ou o controle acionário daquele banco”, diz trecho do comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A notícia é mais um capítulo no processo de internacionalização do BB, o maior banco da América Latina, revelado por seu presidente, Aldemir Bendine, à Reuters, em novembro de 2009. O interesse do banco brasileiro por uma fatia no argentino foi revelado em dezembro.

Nesta semana, o BB já havia informado que obteve do Federal Reserve o status de “Financial Holding Company”, o que o autoriza a exercer atividades bancárias nos Estados Unidos. Para acelerar a entrada naquele mercado, o BB considera comprar algum banco regional onde haja forte concentração de brasileiros e latinos.

Simultaneamente, o banco estatal avança no plano de levantar de 8 a 10 bilhões de reais por meio de uma oferta pública primária, proposta que será apresentada aos acionistas, conforme anunciou na quarta-feira.

Leia mais notícias sobre o Banco do Brasil.