Basf vai investir US$ 750 milhões no Brasil

Aporte é o maior da história da companhia feito na América do Sul e vai ser destinado para construção de um polo de acrílico

São Paulo – A Basf anunciou hoje que vai investir 750 milhões de dólares no Brasil para a construção de um polo de acrílico. O valor é o maior já aportado pela empresa na América do Sul.

O complexo será levantado em parceria com a Braskem, que investirá cerca de 30 milhões de dólares no projeto e ficará responsável o fornecimento de propeno e soda para o projeto em escala mundial de ácido acrílico, acrilato de butila e polímeros superabsorventes (SAP).

De acordo com comunicado, a Basf começará a produzir acrilato de 2-etil-hexila, uma importante matéria-prima para as indústrias de adesivos e tintas especiais.

O polo será o primeiro da Basf na América do Sul e será construído em Camaçari, na Bahia. O local, de acordo com a companhia, foi escolhido em função da disponibilidade de matéria-prima e utilidades, fornecidas pela Braskem.

Segundo Alfred Hackenberger, presidente da Basf para a América do Sul, o projeto reforça a importância da Brasil para a companhia, assegurando o fornecimento dos produtos para s clientes na América do Sul e contribuindo para o desenvolvimento do país.

A construção do complexo está prevista para começar ainda neste ano e a produção deve começar no final de 2014.