Barcelona negocia empréstimo de 150 milhões de euros

Barcelona – O presidente do Barcelona, Sandro Rosell, revelou nesta quarta-feira que a agremiação negocia um empréstimo de 150 milhões de euros (cerca de US$ 188,5 milhões). Devido à falta de dinheiro, o atual campeão espanhol não conseguiu pagar em dia o salário de alguns jogadores no mês de junho.

“Precisamos ter fluxo de caixa para saldar os nossos compromissos a curto prazo”, disse o dirigente, em entrevista concedida à rádio regional catalã RAC1.

Sandro Rosell ainda falou que a venda do zagueiro ucraniano Dmytro Chygrynskiy por 15 milhões de euros (aproximadamente US$ 19 milhões) para o Shakhtar Donetsk na terça-feira era totalmente “necessária para as finanças do clube”. O jogador de 23 anos tinha sido contratado no ano passado por 25 milhões de euros junto à mesma agremiação ucraniana. Pelo Barcelona, o defensor disputou apenas 14 partidas.