Balanço deve confirmar o impressionante 2017 da PagSeguro

ÀS SETE - A empresa deve apresentar faturamento de R$ 566 milhões no 4º trimestre, totalizando R$ 1,71 bilhão no ano, alta de 131% na comparação com 2016

O fenômeno PagSeguro divulga seus resultados nesta quinta-feira no que deve ser mais um trimestre de números recordes. A expectativa de analistas é que a empresa de meio de pagamentos tenha um faturamento de 566 milhões de reais no quarto trimestre, totalizando 1,71 bilhão de reais no ano, alta de 131% na comparação com 2016.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

O lucro deve crescer ainda mais: 267% no ano, passando de 128 milhões em 2016 para 470 milhões de reais em 2017.

Após fazer a maior abertura de capital da história do país em solo americano, levantando 2,6 bilhões de reais, a processadora de pagamentos com cartão PagSeguro continua a surpreender.

Desde o IPO no fim de janeiro os papéis subiram mais de 63%, um acréscimo de 4,8 bilhões de dólares em seu valor de mercado, que agora totaliza 10,9 bilhões de dólares (35,4 bilhões de reais).

A líder do setor, Cielo, que lucrou quase nove vezes mais que a PagSeguro em 2017 (4,1 bilhões de reais) tem um valor atualmente de 65 bilhões de reais.

“Encontramos um forte perfil de crescimento da empresa, em um mercado carregado com potencial, atraente nos múltiplos correntes, apesar dos riscos regulatórios claros”, dizem analistas do banco Goldman Sachs em relatório de início da cobertura da ação.

Os analistas do Goldman esperam que os resultados da empresa continuem com forte crescimento em 2018 e 2019 e estima que a companhia possa passar dos atuais 5% de penetração no seu mercado potencial (de 28 milhões de clientes e 2 trilhões de reais) para algo entre 15% e 20%.

Com tanta atenção do mercado, a companhia tem tudo para ser a estrela de 2018. Para isso, precisa continuar investindo pesado em marketing para manter o crescimento acelerado.