Atraso em entregas da Hitachi pode afetar produção da Nissan

Yokohama – A Nissan Motor informou nesta terça-feira que o atraso no fornecimento de unidades de controle eletrônico por parte da Hitachi, que já está afetando a produção no Japão, também deve prejudicar as fábricas nos Estados Unidos e no México.

A terceira maior montadora japonesa afirmou na segunda-feira que irá interromper parte da produção doméstica por três dias a partir de quarta-feira, após a Hitachi informar que a entrega de unidades de controle de motor está atrasada. A produção deve voltar à normalidade na próxima semana, segundo a montadora.

“Estamos trabalhando dia e noite para tentar minimizar os inconvenientes aos nossos clientes”, disse o vice-presidente de operações da Nissan, Toshiyuki Shiga, durante lançamento da quarta geração do modelo March, no Japão.

“Agora, ainda estamos avaliando quando e se será necessário interromper a produção nos Estados Unidos”, acrescentou.

Shiga disse que o componente da Hitachi é utilizado na maioria dos veículos Nissan, mas que os impactos seriam mais prováveis nas fábricas em Smyrna, no Tennessee, e no México. “Se houver algum impacto será em modelos de grande volume como Altima e Sentra (sedans)”, afirmou.

Leia mais notícias sobre a autoindústria