Associação de acionistas encaminha à Anatel denúncia contra a Oi

No documento, os acionistas apontam supostos indícios de vantagens indevidas aos diretores da Oi

São Paulo – A Associação dos Investidores Minoritários (Aidmin) encaminhou nesta quinta-feira, 15, para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) as denúncias contra a Oi já enviadas na semana passada ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ).

No documento, os acionistas apontam supostos indícios de vantagens indevidas aos diretores da Oi, bem como supostos privilégios garantidos a credores pelo plano de recuperação judicial aprovado pela companhia.

A Aidmin afirma que o conselho de administração da Oi teria descoberto, em dezembro de 2017, o desvio de R$ 51 milhões do caixa da empresa para o pagamento de bonificação especial aos seus executivos.

Segundo a petição, esse valor foi omitido pela diretoria na apresentação dos balanços trimestrais, mas revelado por uma auditoria interna.

Em resposta a essa acusação, a Oi disse que enfrentará com tranquilidade nas esferas pertinentes qualquer questionamento e tomará as devidas medidas para proteger sua reputação e seu negócio de ataques classificados como caluniosos, que potencialmente prejudicam suas operações.