As 10 principais notícias de Negócios da semana

Entre os destaques está a mudança de foco da Brasil Ecodiesel e novos investimentos de Eike Batista no Superporto Sudeste

São Paulo – A semana no mundo dos Negócios trouxe novidades em diversos setores – bancos, infraestrutura, imobiliário e varejo. Veja quais foram os principais destaques.

“Estádio é o mal necessário de toda Copa do Mundo”, diz Marcelo Odebrecht

A Odebrecht está envolvida na construção de quatro estádios em cidades que receberão jogos da Copa do Mundo no Brasil. Para Marcelo Odebrecht, presidente da empresa, o estádio “é o mal necessário de toda Copa do Mundo”. O legado está mesmo na infraestrutura urbana – e é nessa área que está o desafio.

Eike pode investir R$ 1,2 bilhão para duplicar superporto do Sudeste

A duplicação do superporto do Sudeste pode custar 1,2 bilhão de reais. A informação é do presidente da MMX, Roger Downey, que classificou a cifra como “preliminar”. A declaração foi dada à agência Bloomberg. O superporto do Sudeste está em construção na cidade fluminense de Itaguaí. A responsável pelas obras e pela administração das instalações é a PortX, empresa criada pelo bilionário Eike Batista a partir da cisão de alguns ativos da MMX, sua mineradora, e da LLX, sua empresa de logística.

Brasil Ecodiesel quer liderar consolidação do setor agrícola

A Brasil Ecodiesel vai deixar a produção de biodiesel em segundo plano, e se concentrar em um novo papel: o de compradora de empresas de agronegócios. “O setor agrícola precisa se consolidar e não há outro player fazendo isso no Brasil”, disse o novo presidente da empresa, Bento do Amaral Peixoto Moreira Franco, à agência Bloomberg. As declarações estão em sintonia com o que espera a Veremonte, empresa de participações do bilionários espanhol Enrique Bañuelos e principal acionista da Brasil Ecodiesel.


Itaú compra operação de varejo do HSBC no Chile

O Itaú comprou a operação de varejo do HSBC no Chile. A negociação foi divulgada pelo jornal chileno El Mercurio. Segundo a publicação, o acordo faz sentido para as duas instituições. O HSBC pretende concentrar sua atividades no Chile em empréstimos corporativos. Já o Itaú avançará no segmento de varejo premium, com 5.500 clientes e uma carteira de 20 milhões de dólares em crédito.

Odbinv propõe fim do conselho de administração da empresa

A holding Odebrecht Investimentos (Odbinv), que controla o grupo, convocou para a próxima quarta-feira uma assembleia geral extraordinária, em Salvador, para alterar seu estatuto. A Odbinv convoca seus acionistas para decidirem sobre a simplificação na estrutura administrativa. Hoje, a holding tem a assembleia de acionistas, o conselho de administração e a diretoria. A proposta da Odbinv é acabar com o conselho de administração, onde Vitor Gradin tem assento.

Lopes compra controle da Itaplan por R$ 30 milhões

A consultoria de imóveis LPS Brasil (Lopes) anunciou que firmou contrato para comprar 51% da consultoria imobiliária Itaplan. O valor estimado da operação é de 29,17 milhões de reais. O montante será parcelado e inicialmente a Lopes pagará 7,63 milhões de reais e daqui a seis meses 3 milhões de reais. O restante será quitado em três parcelas anuais variáveis.

Quarta maior montadora chinesa desiste do Brasil por causa do IPI

O aumento de 30 pontos percentuais do IPI de carros importados já começa a afastar empresas que gostariam de chegar ao mercado brasileiro. A quarta maior fabricante chinesa, a Great Wall, não virá mais ao Brasil. “O aumento do imposto inviabilizou temporariamente as negociações”, disse a EXAME.com Ricardo Strunz, diretor-geral da importadora CN Auto, que comandava as negociações. A Great Wall há anos tem o interesse de ingressar no mercado brasileiro, principalmente agora com a grande aceitação de outras chinesas como Chery e JAC.


Carrefour não será negociado com Cencosud, diz presidente de rede chilena

Depois da desistência de Abilio Diniz em continuar com o projeto de fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour – barrado pelos sócios do Casino –, a rede francesa ainda continuou até há pouco tempo sendo alvo de especulações sobre uma possível venda para outra empresa do setor. A rede chilena Cencosud, que também tem presença no Brasil, era tida como uma das possíveis interessadas no Carrefour. Mas, pelo menos por enquanto, isso não vai acontecer. O presidente da rede chilena, Horst Paulmann, afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que a expansão da Cencosud no país depende mais da inauguração de novas lojas do que de compras de concorrentes.

Maior fornecedor do JBS investe em alta tecnologia e gestão

Principal fornecedor do JBS e um dos três maiores confinadores do país, a Fazenda Conforto aposta em alta tecnologia e técnicas de gestão empresarial para elevar produtividade e garantir margens em meio ao aumento dos custos de produção e preços mais baixos da arroba do boi neste ano, apontou executivo do grupo durante visita da equipe do Rally da Pecuária.

Carrefour vai fechar 8 lojas de bairro em São Paulo

Após o rombo milionário anunciado pelo Carrefour em 2010, a rede vem passando por um longo processo de reestruturação no Brasil e mais uma etapa foi anunciada para dar continuidade ao processo. A varejista anunciou o fechamento de oito lojas Carrefour Bairro, todas localizadas em cidades do interior paulista. Dentre as unidades que fecharam suas portas, quatro estão localizadas em Ribeirão Preto, duas em Jaboticabal, uma em Monte Alto e uma em Matão. Segundo a companhia, a decisão visa fortalecer a posição da rede como líder no varejo de alimentos no país.