Arcelor e Peabody elevam oferta pela Macarthur

Dinheiro oferecido pela companhia australiana chegou a US$ 5,05 bilhões

Sydney – A maior companhia de carvão privada do mundo e a maior siderúrgica do mundo em produção melhoraram a oferta pela australiana Macarthur Coal para cerca de 4,73 bilhões de dólares australianos (US$ 5,05 bilhões) e se aproximaram de obter sucesso com um acordo para dar início a uma auditoria (due diligence).

A Peabody Energy e a ArcelorMittal disseram que começarão a receber dados e a fazer visitas à empresa de carvão australiana a partir de segunda-feira. As duas companhias fizeram uma oferta indicativa de 15,50 dólares australianos pela Macarthur na segunda-feira passada.

A oferta indicativa estava sendo tratada como um limite máximo que seria reduzido pela subtração do valor de qualquer dividendo final declarado pelo conselho diretor da Macarthur. No entanto, em troca de concordar em iniciar a auditoria, a Macarthur afirmou que qualquer oferta feita nos próximos 12 meses precisa tratar os 15,50 dólares australianos como um preço mínimo sem incluir o valor dos pagamentos de dividendo de até US$ 0,16 por ação.

Essa cláusula elevará o valor da operação em cerca de 48,3 milhões de dólares australianos, para 15,66 dólares australianos ou mais por ação, ou cerca de 1% acima da oferta indicativa de segunda-feira. A Macarthur disse que a última proposta não é obrigatória e que os acionistas não devem tomar qualquer atitude. As informações são da Dow Jones.