Após demissão, usuários derrubam presidente do site Reddit

Um dos sites com mais usuários do mundo trocou o comando após uma onda crescente de usuários que pediam a saída de sua presidente

São Paulo – O Reddit, um dos sites com mais usuários do mundo, trocou o comando após uma onda crescente de usuários que pediam a saída de sua presidente.

Steve Huffman, um dos fundadores do site que tem cerca de 140 milhões de usuários por mês, passará a chefiar o Reddit no lugar de Ellen Pao, que vai virar uma espécie de consultora para o conselho de administração da companhia.

Pao, que era uma das poucas mulheres que lideravam grandes negócios no Vale do Silício, uma região dominada pelos homens, deixa o Reddit após uma temporada de dois anos.

Sua saída foi ocasionada pela demissão de uma empregada que era adorada pelos usuários do Reddit no início deste mês.

A medida levou a uma crise de confiança sem tamanho no site, com mais de 230 mil pessoas assinando uma petição online pedindo a renúncia da executiva.

Pao tentou acalmar os ânimos com um pedido de desculpas, mas os moderadores do Reddit resolveram fechar partes do site como uma forma de protesto.

A revolta também evidenciou o “lado negro” da cultura da convergência, tomando emprestado o conceito criado pelo pesquisador Henry Jenkins.

Muitos usuários, que em maioria são jovens do sexo masculino, protestaram contra a executiva fazendo comentários sexistas e racistas.

“Eu vi o bom, o ruim e o horrível no Reddit”, diz Pao, em sua carta de renúncia, onde fez questão de mostrar como se sentiu mal por conta dos ataques sofridos pelos usuários .

“O bom foi tão inspirador e o horrível me fez duvidar da humanidade”, acrescenta.

O Reddit é um grande fórum de discussão, criado há uma década pelos então estudantes Steve Huffman e Alexis Ohanian, em um apartamento nos subúrbios de Boston. Os usuários discutem uma grande variedade de tópicos, que vão desde notícias a memes da internet.

Hoje, o investidor que possui a maior parte do site, que vale 500 milhões de dólares, é a Advance Publications, subsidiária da empresa de mídia Condé Nast.

Entre outras personalidades que colocaram dinheiro no site, estão os investidores Marc Andreessen, Peter Thiel e Ron Conway, o rapper Snoop Dogg e o cantor e ator Jared Leto.