Após 3 anos, Banco do Brasil volta ao mercado e capta US$ 1 bi

Segundo o vice-presidente de finanças Alberto Monteiro, os recursos captados serão usados para operações gerais do banco no exterior

São Paulo – Após três anos longe do mercado internacional, o Banco do Brasil captou 1 bilhão de dólares em bônus de sete anos nesta quarta-feira.

Os papéis embutem rentabilidade ao investidor de 4,7 por cento, com cupom de 4,625 por cento. A operação atraiu demanda de cerca de 5,5 bilhões de dólares.

Segundo o vice-presidente de finanças e de relações com investidores do BB, Alberto Monteiro, os recursos captados serão usados para operações gerais do banco no exterior.

“Acho que foi uma taxa boa para o banco e para os investidores”, disse Monteiro a jornalistas, por telefone.

De acordo com o executivo, não há planos de voltar ao mercado. E uma eventual nova captação destinada para ajudar a compor os níveis de capital do banco só aconteceriam após 2020.