Aporte de R$ 100 milhões da Delta reforçará caixa da Gol

Valores serão pagos ainda neste mês e irão para o caixa da companhia aérea

São Paulo – O aporte de US$ 100 milhões que a Delta fará pelos cerca de 3% de participação acionária na Gol serão pagos ainda neste mês e irão para o caixa da companhia aérea. “Os recursos reforçarão o caixa da Gol”, afirmou o diretor vice-presidente da companhia, Leonardo Pereira. Já segundo o CEO da Delta, Richard Anderson, os recursos sairão do caixa da companhia aérea americana.

Pereira, da Gol, explicou, durante uma teleconferência com analistas de mercado, realizada hoje, que no dia 21 deste mês o investimento feito pela Delta se dará na forma de ADRs, e o fechamento da operação está marcado para o dia 22.

Delta

A Delta Airlines, que hoje anunciou a entrada como acionista minoritário na brasileira Gol, é a segunda maior companhia aérea em valor de mercado, dentre as de capital aberto, da América Latina e Estados Unidos, segundo levantamento da Economática. Seu valor de mercado é de US$ 7,17 bilhões, atrás da LAN Chile, com US$ 8,10 bilhões.

Das empresas de transporte aéreo regular com ações listadas em bolsa, as brasileiras TAM, com US$ 3,076 bilhões, e a Gol, com US$ 2,239 bilhões, estão na quinta e sexta colocações. A AMR, controladora da American Airlines, companhia que está em processo de concordata, é a última colocada, com US$ 236 milhões (valor no dia 6 de dezembro).

Em receita, a UAL Corp lidera o ranking, com US$ 28,18 bilhões na análise dos dados mais recentes, de janeiro a setembro, seguida pela Delta Airlines, com US$ 26,71 bilhões. A TAM vem em sexto, com US$ 5,07 bilhões, e a Gol, em nono lugar, com US$ 2,83 bilhões. A Economatica ressalta que a Gol foi a única da amostra a apresentar queda nas vendas, de 6,1% nos nove meses do ano ante o mesmo período de 2010, em dólares.

A UAL também lidera o setor em lucro líquido até setembro, com US$ 978 milhões, seguida pela Delta Air Lines, com US$ 429 milhões. A AMR fica em último, com prejuízo de US$ 884 milhões. Acima dela estão Gol, com prejuízo de US$ 454,7 milhões, e TAM, com US$ 232,1 milhões de perda no período.


Conselho de Administração

O presidente da Delta, Ed Bastian, será o representante da companhia americana no conselho de administração da Gol, segundo informou Richard Anderson, CEO da Delta. A Gol tem, hoje, nove integrantes no Conselho, que passarão, portanto, a dez com a chegada do executivo da Delta.

A Delta possui um acordo com a Aeromexico parecido com o firmado hoje com a Gol. Na companhia mexicana, a Delta aplicou US$ 65 milhões. “Esses acordos não são comuns, mas fazemos quando encontramos grandes oportunidades”, disse Bastian.