Antofagasta reduz previsão para produção de cobre neste ano

A companhia disse nesta quarta-feira que produziu 157 mil toneladas de cobre no terceiro trimestre, no mesmo patamar do segundo trimestre

Londres – A mineradora chilena Antofagasta cortou novamente sua meta para produção de cobre neste ano, mas manteve sua expectativa para corte de custos, após registrar produção estável no trimestre, na comparação com os três meses anteriores.

A companhia, que integra o índice FTSE-100 na Bolsa de Londres, disse nesta quarta-feira que produziu 157 mil toneladas de cobre no terceiro trimestre, no mesmo patamar do segundo trimestre.

Já sua produção de ouro recuou 17% no terceiro trimestre, para 45.700 onças-troy, enquanto a de molibdênio manteve-se estável no trimestre, em 2.600 toneladas.

A companhia disse que projeto Antocoya, no norte do Chile, produziu 2 mil toneladas de catodo de cobre. Mas o atraso em melhorias no projeto Centinela e um pequeno deslizamento na área de extração de cobre neste local levaram a companhia a reduzir sua projeção de produção de cobre neste ano pela terceira vez.

Agora, a Antofagasta espera 635 mil toneladas, quando antes planejava produzir 665 mil – originalmente, previa 710 mil toneladas.